sábado, 19 de dezembro de 2015

Bookeando #03 - As Batidas Perdidas do Coração

Título: As Batidas Perdidas do Coração
Série: Batidas Perdidas #01
Autor: Bianca Briones
Ano: 2014
Editora: Verus
Nota:3,5/5

Sinopse: Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. 
  Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre. As batidas perdidas do coração é uma história sobre perdas e como cada um lida com elas. É o encontro atormentado entre a dor e o amor. Com uma narrativa sexy, envolvente e repleta de música, este livro traz a última tentativa de duas pessoas arruinadas que, juntas, buscam desesperadamente se encontrar.

************************************************************************************************************************************

E aí? Bora bookear?

O que me chamou a atenção foi o título “as batidas perdidas do coração”, assim que vi já sabia que se trataria de um romance tenso e complicado. Apesar de clichê tem seus altos e baixos, mas sem dúvida seu diferencial está em que cada capitulo há um trecho de uma música que expressa simplesmente tudo o que se trata no dado momento da história. Enquanto lia escutava as músicas, isso me fazia entrar e sentir tudo o que estava se passando no livro.

A história narra a vida de Vivian, patricinha e rica porém, rebelde. E Rafael um badboy que é o sonho de consume de garotas que preferem homens fortes, safados, rudes e com um empurrão sabem ser bem carinhosos. Mas o que os dois tem em comum além de uma atração forte é o sofrimento, ambos sofreram perdas e é essa dor que os aproximaram. Como dá para perceber de início os dois tem aquelas brigas. A família não apoia esse relacionamento e ela tem aquelas experiências com festas, sexo, bebidas e drogas. Contendo um drama muito intenso pra quem gosta do estilo.

De início, o livro nos prende até o momento em que eles já estão se dando bem a partir daí a leitura fica um tanto cansativa e repetitiva, acontece uma coisa ou outra contudo não muda o fato dele está perdendo aquela pegado do início do livro. Mas as partes finais são bem diferentes do que imaginei, apesar da autora ter jogado tudo muito rápido, sem dúvida são emocionantes e imprevisíveis. É sempre bom e reconfortante saber que existem bons autores brasileiros que não devem passar despercebidos

A explicação para o título vou até usar com alguma garota. Só lendo para entende-lo. É muito poético.

"- Rafael: Por mais incrível e maluco que possa parecer o que vou dizer agora, eu tenho sorte, porque neste mundo imenso, em meio a toda essa minha dor, eu te encontrei. Poderia ser muito pior sem você."